O Dhammapada - conversando com Buda 3




Capítulo III

Citta Vagga


"Mente"



1. Da mesma maneira que o armeiro precisa fabricar flechas que sejam retas, o sábio corrige sua mente instável e vacilante, difícil de vigiar e dirigir.

2. Como um peixe fora d’água ofega e se agita incessantemente, assim se esforça e luta nossa mente nas redes das tentações de Mara.

3. A mente é instável e caprichosa, difícil de ser vigiada; é veloz, corre sempre para onde lhe apraz. Dominá-la é um grande bem. Dominada, ela se torna uma fonte da alegria.

4. A mente é invisível e sutil, difícil de ser vigiada. A mente corre sempre para onde lhe apraz. Que o sábio a vigie: a mente vigiada é uma fonte de felicidade.

5. Errando ao longe, solitário, inconsistente, oculto, o pensamento habita os recessos do coração; assim é a mente.

6. As mentes instáveis, que ignoram o caminho da Verdade e carecem de confiança e paz, não chegam à plenitude da Sabedoria.

7. As mentes calmas e controladas, livres dos grilhões dos desejos, que se elevaram acima do bem e do mal, despertas, desconhecem o temor.

8. Considerando este corpo frágil como uma jarra de argila, façamos da mente uma fortaleza, subjugando Mara com a espada da Sabedoria. Depois da vitória, a conquista é mantida pela constante vigilância.

9. Não tardará muito e este corpo jazerá por terra, abandonado, sem vida, inconsciente, insensível, semelhante a um inútil galho seco. Mas não perecerão as consequências de seus pensamentos; os bons engendrarão boas ações e os maus engendrarão más ações.

10. Qualquer que seja o mal que alguém faça a quem odeie, ou que entre si se façam dois inimigos, maior mal é o causado pela mente mal dirigida.

11. Nem pai nem mãe e nem parente algum nos poderá fazer tanto bem quanto a mente bem dirigida.



Fontes e Bibliografia:

SILVA, Georges da. Dhammapada Atthaka, 4ª edição. São Paulo: Ed. Pensamento, 1989;

FRONSDAL, Gil. The Dhammapada: A New Translation of the Buddhist Classic with Annotations‎, Boston: Shambhala Publications, 2006.




( Comentar este post __ Ver os últimos comentários