Em busca da Libertação Final - 3

A eterna Busca pela Verdade

Toda criança implora por respostas. Toda criança espera um pouco de bom senso. - Dos pais, dos professores, da sociedade que a cerca... - Nós já nascemos buscadores, já chegamos a este mundo com a semente do questionamento dentro de nós, e toda criança é sábia, é uma buscadora desejosa de conhecer a Verdade. Mas toda criança, nesse sentido, é solenemente ignorada...


Clique sobre a imagem para ler


Porque os pais, os professores e a sociedade, muitas vezes, simplesmente não têm as respostas que essa criança procura! Eles desistiram, se decepcionaram, não conseguiram entender as coisas profundas, porque foram também ignorados quando eram crianças e fizeram as mesmas perguntas, e, assim, simplesmente deixaram de se importar... Quando uma criança faz uma pergunta profunda, a maioria enrola, despista, deixa pra lá, ou então dá uma 'resposta-padrão' totalmente insatisfatória. E assim, já crescemos desamparados, sendo ensinados a nos conformar, a deixar pra lá, a viver o tangível, o visível, o imediato...

Os gaúchos tem uma espécie de ditado, uma resposta-padrão engraçada, que repetem sempre que alguém manda uma pergunta transcendental. Eles dizem: "Vai criar bicho que dê leite, tchê!" - Quer dizer, você deve parar de perder tempo com essas coisas que não vão te trazer nenhum benefício concreto e ir cuidar da vida, garantir o seu sustento; talvez procurar uma "prenda", isto é, um(a) namorado(a), e se aquietar. Você deve apenas parar de pensar e dar continuidade ao ciclo natural da vida...

O problema é que, para alguns, 'cuidar da vida' é exatamente o oposto de viver a vidinha ordinária e comum do cotidiano, sem pensar em nada que vá além das questões do trabalho, do dinheiro, da família, da partida de futebol do próximo domingo... Eles esperam mais do que apenas estudar, trabalhar, casar e ter filhos; e depois se preparar para deixar algum conforto à sua prole, a próxima geração, antes de morrer. Alguns de nós imaginam e querem buscar uma vida menos animalesca e sem sentido do que o eterno nascer, crescer, reproduzir e morrer... Isso é possível? Existe, de verdade, algo além do visível, do palpável?

Certas evidências parecem apontar para uma resposta positiva, mas todo buscador sincero sabe que a coisa é bem mais complicada do que parece... Os 'por quês' não param de surgir, e sempre que você encontra uma resposta, tantas outras perguntas maiores e mais difíceis vão surgindo no seu lugar... Será que essa busca angustiante um dia terá fim?

Viver não pode ser só isso. A vida tem que ter algo mais, é preciso que exista um significado mais importante do que apenas nos mantermos vivos, como na teoria do "gene egoísta" proposta por Dawkins. Existem sinais claros, existem fenômenos muito especiais acontecendo agora (eles sempre aconteceram) que nos fazem admitir a possibilidade real e concreta da existência de realidades extrafísicas que interagem com esta nossa realidade comum e frustrante. Mas as soluções não se apresentam assim tão simplesmente. As respostas trazidas pelas religiões parecem contrariar toda a lógica, todo o nosso sentido de bom senso, e existem milhares de perguntas nunca satisfatoriamente respondidas:

Se aquilo que chamamos espiritualidade realmente existe, porque é tão difícil interagir com esta realidade, entendê-la, comprová-la, experimentá-la?

Se Deus existe, se há um Ser Criador e Todo-Poderoso, que a tudo rege e controla, e se esse Deus é bom, porque Ele simplesmente não se manifesta a todos?

Por que esse Deus Bom e Perfeito não nos cura, não nos livra da miséria, da velhice, da morte, das moléstias, das injustiças?

Por que precisamos passar por esse mundo frio, repleto de crueldade e injustiças, se Deus poderia nos ter criado já perfeitos e aptos a viver numa realidade mais plena?

Por que Deus espera que O busquemos, se Ele, sendo Onisciente, sabe que nem todos somos capazes disso? Por certo há pessoas que sofrem por sua própria ignorância: são elas as culpadas por serem ignorantes? Hoje sabemos que existem diferentes níveis de capacidade intelectual entre diferentes seres humanos. Alguns não aprendem, não entendem, simplesmente por não serem capazes disso. Como explicar que Deus tenha criado pessoas assim, para depois exigir delas que façam o que Ele próprio sabe que não são capazes?




Continua...



( Comentar este post __ Ver os últimos comentários