Alimentação saudável

Não esqueça: seu corpo é o Templo. Antes de escolher o que colocar no prato, talvez valha a pena consultar o novo guia que classifica os alimentos com uma pontuação de zero a cem e, nos Estados Unidos, já é tão respeitado que gerou a criação de um selo de qualidade.

Em reportagem assinada pelo jornalista Diogo Sponchiato, na edição de Dezembro, a revista Saúde! trata desse assunto tão importante. A chamada da capa é: "Os 40 alimentos que fazem você viver mais, ou o ranking do que não pode faltar no seu prato". Trata-se, portanto, de uma fonte importante para nos ajudar a fazer as escolhas certas na hora da alimentação. Ao montar o seu prato no restaurante ou em casal, esses dados podem ser muito úteis.


Como foi feito o estudo?

Os alimentos foram elencados depois de mais de uma década de trabalho, pelo nutrólogo David Katz, da Universidade de Yale, nos Estados Unidos. Katz é responsável por um sistema que avaliou, item por item, a quantidade de substâncias essenciais para blindar o organismo.


Quantos alimentos foram avaliados?

Katz queria criar um sistema totalmente científico para avaliar o potencial dos alimentos que preservam a saúde por mais tempo. E conseguiu. “Já avaliamos 25 mil alimentos”, contou o cientista à redação da revista Saúde!. “A questão é que eles estão sendo catalogados, isto é, comparados entre si e inseridos no ranking aos poucos”.

O que você vai conhecer agora é a primeira versão dessa tarefa hercúlea — que, no futuro, incluirá milhares de outros itens. Detalhe: Katz garante que não irá sossegar enquanto sua lista tiver menos que 200 mil itens(!).


Nutrientes premiados

São muitos os ingredientes com enorme poder de alçar o alimento às primeiras colocações do ranking. A lista começa com as fibras e segue repleta de vitaminas, como a A, as do complexo B, C, D e E. O time dos minerais é estrelado por ferro, zinco, cálcio, potássio e magnésio. O ômega-3 é a única gordura a dar as caras por aqui, no time benéfico. Para completar, uma explosão de antioxidantes, representados pelos flavonóides e carotenóides, que costumam colorir frutas e verduras.


Arroz e feijão ainda não aparecem no ranking

Aviso aos brasileiros, considerados fenômeno mundial por comerem arroz com feijão todo santo dia sem nunca enjoar, e ainda, quando você pergunta qual seu prato predileto, conseguem a façanha de responder: "arroz com feijão"(!!!). - Um dia ainda vou formular uma tese sobre esse inacreditável fenômeno, que não me atinge, mas tenho certeza que será uma tarefa ainda mais hercúlea que a do Dr. Katz. Falando sério, o cientista, óbvio, deu preferência nessa fase inicial àquilo que faz parte da cozinha dos americanos e com o que está mais familiarizado. Mas “ainda chegará a vez do arroz e do feijão”, avisa ele. - A nutricionista Karla Ferreira, da Universidade do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, aposta que alguns dos nossos frutos alcançarão os primeiros lugares quando forem avaliados. “É o caso da jabuticaba, que infelizmente ainda é pouco estudada mundo afora”, diz ela.


Alimentos com a pontuação máxima

Laranja (nossa velha amiga é a primeirona da lista(!), aspargo, damasco, vagem, mirtilo, alface, morango, nabo, espinafre, quiabo, brócolis, couve-flor, repolho, kiwi e folha de mostarda.

Quanto à proteína animal, o salmão é o primeiro da lista. Rico em ômega 3, a única gordura aprovada para consumo moderado, ficou com 87 pontos. Clique aqui para ver a lista completa. Saúde!




Os 40 alimentos para viver mais

Conheça o ranking que apresenta as verduras, as frutas e as carnes que tornam o seu cardápio mais completo e prolongam a sua vida


A lista de alimentos e sua pontuação:

Laranja: 100 pontos

Aspargo: 100 pontos

Damasco: 100 pontos

Vagem: 100 pontos

Mirtilo: 100 pontos

Brócolis: 100 pontos

Couve-flor: 100 pontos

Repolho: 100 pontos

Kiwi: 100 pontos

Folha de mostarda: 100 pontos

Alface: 100 pontos

Morango: 100 pontos

Nabo: 100 pontos

Espinafre: 100 pontos

Quiabo: 100 pontos

Cenoura: 99 pontos

Grapefruit: 99 pontos

Abacaxi: 99 pontos

Ameixa: 99 pontos

Manga: 93 pontos

Batata: 93 pontos

Tangerina: 93 pontos

Cebola roxa: 93 pontos

Banana: 91 pontos

Milho: 91 pontos

Uva: 91 pontos

Melão: 91 pontos

Ruibarbo: 91 pontos

Salmão: 87 pontos

Catfish: 82 pontos

Alface-americana: 82 pontos

Bacalhau: 82 pontos

Tilápia: 82 pontos

Ostra: 81 pontos

Peixe-espada: 81 pontos

Maracujá: 78 pontos

Pitu: 75 pontos

Camarão: 75 pontos

Marisco: 71 pontos

Linguado: 51 pontos


Detalhe: os últimos da lista são o chocolate e os refrigerantes...



Fontes:
Revista "Saúde" - Editora Abril
Vejasaopaulo.Abril.Com.Br/