Medicina Ayurvédica - saúde perfeita

Parte 1: "Um lugar chamado Saúde Perfeita" - por Dr. Deepak Chopra


Existe em cada pessoa um lugar livre de doenças, onde nunca há dor, velhice ou morte. Quando você chega a esse lugar, as limitações que todos costumamos aceitar como normais deixam de existir. Ali não chegam a ser consideradas nem mesmo como possibilidade.

Esse é o "lugar" chamado "Saúde Perfeita".

Pode-se visitá-lo rapidamente ou demorar ali muitos anos. Mas até as visitas mais breves costumam provocar profundas mudanças. Enquanto você está ali, as suposições verdadeiras da "vida normal" são alteradas, e começa a fluir a possibilidade de uma existência superior, mais próxima da ideal.

A causa da doença é geralmente muito complexa, mas uma coisa é certa: ninguém provou ainda que é necessário adoecer. De fato, ao contrário, entramos diariamente em contato com milhões de vírus, bactérias, alergênios e fungos, mas apenas uma fração mínima desses nossos inimigos naturais chega a nos causar doenças. Não é raro os médicos encontrarem pacientes com virulentas bactérias agrupadas no trato respiratório, mas que estranhamente não lhes causam nenhum mal. Elas atacam somente em raras ocasiões, quando causam a meningite, uma infecção séria do sistema nervoso central, às vezes fatal. - Ninguém sabe precisamente o que provoca esse ataque, mas aparentemente é envolvido um fator misterioso que chamamos "controle do hospedeiro".

Isso significa que nós, hospedeiros dos germes, abrimos ou fechamos o portão para eles, de algum modo que normalmente não sabemos como controlar.

Em mais de 99,99% dos casos o portão é fechado, o que demonstra que estamos bem mais perto da saúde perfeita do que imaginamos.

Um exemplo interessante: a principal causa de óbito nos EUA é devida a doenças cardíacas, causadas, na maioria dos casos, pelo depósito de placas que bloqueiam as artérias coronárias que conduzem oxigênio ao coração. Quando o colesterol e outros detritos começam a obstruir as artérias, a falta de oxigênio ameaça o funcionamento normal desse órgão. No entanto, o processo de uma doença cardíaca é muito pessoal. Uma pessoa com uma placa pequena pode ficar incapacitada pela angina; outra, com vários depósitos de grandes placas capazes de bloquear quase todo o fluxo de oxigênio, não sente nada.

Sabemos de pessoas que correram maratonas com 85 por cento das artérias coronárias bloqueadas, enquanto outras morreram de ataques cardíacos com os vasos sanguíneos completamente limpos. Nossa habilidade física para repelir a doença é extremamente flexível.

Além da imunidade física do corpo, temos todos uma forte resistência emocional à doença. Eis o comentário de uma antiga paciente minha:

"Já li o suficiente sobre psicologia para 'saber' que um adulto bem ajustado deve aceitar a doença, a velhice e a morte. 'Compreendi' isso, mas continuo não aceitando essa idéia emocionalmente, e nem instintivamente. Acho um erro terrível adoecer e deteriorar fisicamente. Sempre esperei que um dia apareceria alguém para corrigir isso."


Essa senhora está perto dos setenta anos de idade e mantém excelente condição física e mental. Quando lhe perguntei o que ela ainda esperava, respondeu:

"Pode achar uma loucura, mas adoto a atitude de que que não vou envelhecer nem morrer."


Será que isso é tão insensato quanto possa parecer? As pessoas que se consideram "ocupadas demais para adoecer" são conhecidas por ter saúde acima da média, enquanto pessoas que se preocupam demais com doenças sucumbem a elas mais freqüentemente.

No campo da medicina, a prevenção é muito menos dispendiosa do que o tratamento, tanto em termos econômicos quanto humanos. Precisamos de uma nova visão médica que acredite em "qualidade na fonte" e procure promovê-la nos indivíduos.


Maharishi Ayurveda - Uma nova medicina

O primeiro segredo que você deve conhecer sobre a saúde perfeita é este: você precisa escolhê-la!

Não pense apenas em ser saudável o quanto acha possível. A saúde perfeita não é uma melhora de cinco ou dez por cento na sua saúde, mas exige uma mudança completa de perspectiva, tornando a doença e a debilidade da velhice inaceitáveis.

Podemos realmente acreditar em "defeitos zero" numa coisa tão complexa quanto o corpo humano?

De acordo com o National Institute of Aging, nenhuma mudança de dietas, exercícios, vitaminas remédios ou mesmo estilo de vida é confiável, quando se trata de prolongar a vida. Hoje é mais possível do que nunca evitar as desordens degenerativas que afligem idosos, como doenças cardíacas, derrames, câncer, arteriosclerose, artrite, diabetes, osteoporose e outras, - mas ainda não é fácil.

Mesmo que os médicos pesquisadores demonstrem otimismo em suas declarações sobre os avanços da cura de certos males incuráveis, como o câncer e outros, o pessimismo é maior quando conversam entre si. O melhor que podem esperar é o progresso lento e gradual, alcançando soluções passo a passo. Por exemplo: estatisticamente, a diminuição do nível de colesterol reduz o enfarte em um grande grupo, mas não garante que uma pessoa com baixíssimo colesterol não o tenha.

Para melhorar a saúde duas ou dez vezes mais, você precisa de um novo tipo de conhecimento, baseado em um conceito mais profundo da vida. Uma fonte singular desse conhecimento é um sistema de medicina preventiva denominado Maharishi Ayurveda.

Ele é praticado há mais de 5 mil anos na Índia, e o nome Ayurveda significa "Conhecimento do Ciclo da Vida".

O propósito do Ayurveda é nos ensinar como podemos influenciar e moldar a nossa saúde, assumindo o controle sobre o rumo natural de nossas vidas, livres da influência das doenças e do envelhecimento. Seu princípio básico é que a mente exerce a mais profunda influência no corpo, e a libertação do estado doentio depende de entrarmos em contato com nossas percepções dormentes para atingir harmonia e expandi-la ao corpo todo.

Esse estado de percepção equilibrada, mais do que qualquer tipo de remédio, tratamento ou mesmo a imunidade física, é capaz de criar um estado mais saudável.



Fonte: CHOPRA, Deepak. Saúde Perfeita, São Paulo: Editora Best Seller, 1990, sessão 'Convite a uma Realidade Superior'.

Deepak Chopra é médico formado na Índia, com especialização em endocrinologia nos Estados Unidos, onde vive. Defende a prevenção de doenças e a conquista da saúde como decorrência da integração corpo-mente-espírito. É autor de 49 livros, traduzidos para 25 idiomas. Em 1985, fundou a "Associação Americana de Medicina Védica". É o fundador do "The Chopra Center", em San Diego, na Califórnia, onde oferece cursos, terapias e palestras. - Apesar do sucesso comercial, médicos e profissionais de mídia de diversos países o consideram um charlatão. Mas, sem nenhuma dúvida, ele é a personalidade mais indicada a se recorrer para saber a respeito de Medicina Ayurvédica.