Thiago e a Luz



Desde os tempos de Cristo e até os nossos se discute o que "vale mais" ou o que é mais importante: a prática ou a ? E até hoje representantes das mais diversas correntes religiosas continuam discutindo esse assunto. Mas a verdade é que, num belo dia, há quase dois milênios, o discípulo Tiago resolveu colocar um fim definitivo nessa questão; e o fez magistralmente. Está tudo registrado numa carta que ele escreveu e enviou para, segundo seu próprio dizer, "as doze tribos espalhadas pelo mundo". O registro permanece até hoje:

"Meus irmãos, de que adianta alguém dizer que tem fé, quando não a põe em prática? A fé seria então capaz de salvá-lo? Imaginai que um irmão ou uma irmã não tem o que vestir e que lhes falta a comida de cada dia; se então alguém de vós lhes disser: 'Ide em paz, aquecei-vos', e: 'Comei à vontade', sem lhes dar o necessário para o corpo, de que adiantará isso?

Assim também a fé: se não se traduz em obras, por si só está morta. Em compensação, alguém poderá dizer:

'Tu tens a fé e eu tenho a prática! Tu, mostra-me a tua fé sem as obras, que eu te mostrarei a minha fé pelas obras! Crês que há um só Deus? Fazes bem! Mas também os demônios crêem isso, e estremecem. Queres então saber, homem insensato, como a fé sem a prática é vã? O nosso pai Abraão foi declarado justo: não será por causa da sua prática, até o ponto de oferecer seu filho Isaac sobre o altar? Como estás vendo, a fé concorreu para as obras, e, graças às obras, a fé tomou-se completa. Foi assim que se cumpriu a Escritura que diz: 'Abraão teve fé em Deus, e isto lhe foi levado em conta de justiça, e ele foi chamado Amigo de Deus''.

Estais vendo, pois, que o homem é justificado pelas obras e não simplesmente pela fé. Assim como um corpo sem espírito é um cadáver, assim também a fé, sem as obras, é morta, é como um cadáver."


- Tiago, 2:14-26


A fé ou a prática? Como se vê, a resposta é bem simples: ambas, pois uma é reflexo e decorrência da outra. O que não tem fé, quando se dispõe diligente e desinteressadamente a fazer o bem e praticar as boas obras, acaba por adquiri-la. E quem já viu acontecer sabe que este é um momento mágico! Quanto ao que diz que têm fé mas não pratica as boas obras, é claro que mente ou se engana, pois o seu estilo de vida é a perfeita comprovação de que não possui uma fé verdadeira. Simples e claro.



( Comentar no Livro de Mensagens