Finalmente, o Terceiro Segredo


A Igreja finalmente revelou ao mundo o terceiro segredo de Fátima. No dia 26 de junho do ano 2000, mais de 80 anos(!) após ter sido manifestado aos três "pastorinhos", as autoridades do Vaticano afinal o trouxeram a conhecimento público, a pedido do papa João Paulo II.

Esta é a terceira parte do segredo revelado em 13 de julho de 1917, na Cova da Iria, em Fátima (original em português de Portugal):

"Escrevo em acto de obediência a Vós Deus meu, que mo mandais por meio de sua Ex.cia Rev.ma o Senhor Bispo de Leiria e da Vossa e minha Santíssima Mãe.

Depois das duas partes que já expus, vimos ao lado esquerdo de Nossa Senhora um pouco mais alto um Anjo com uma espada de fôgo em a mão esquerda; ao centilar, despedia chamas que parecia iam encendiar o mundo; mas apagavam-se com o contacto do brilho que da mão direita expedia Nossa Senhora ao seu encontro: O Anjo apontando com a mão direita para a terra, com voz forte disse: 'Penitência, Penitência, Penitência!' E vimos n'uma luz emensa que é Deus: algo semelhante a como se vêem as pessoas n'um espelho quando lhe passam por diante. Um Bispo vestido de Branco - tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre. Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fôra de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dôr e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de juelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam varios tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás outros os Bispos Sacerdotes, religiosos e religiosas e varias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de varias classes e posições. Sob os dois braços da Cruz estavam dois Anjos cada um com um regador de cristal em a mão, n'êles recolhiam o sangue dos Martires e com êle regavam as almas que se aproximavam de Deus."

Fonte: Site oficial do Vaticano


Aí está a revelação do misterioso Terceiro Segredo (ou Terceira Mensagem) de Fátima, guardado e trancafiado a sete chaves por mais de oito décadas, escondido do público em cofres lacrados e alvo de incontáveis especulações e interpretações por parte de religiosos, pesquisadores, místicos, esotéricos e curiosos de plantão. Especulação e curiosidade que até se justificam, devo conceder, uma vez que a revelação do segredo foi tantas vezes postergada.

Mas, como já seria de se esperar, as especulações não pararam com a declaração oficial do Vaticano. Segundo alguns, esta seria apenas uma parte da mensagem completa. Outros não aceitam a interpretação oficial da Igreja. Recentemente, surgiu um texto misterioso na internet, supostamente revelando a parte faltante da mensagem de Fátima, falando de catástrofes e de uma grande hecatombe. Particularmente, ao ler esse texto, não dei a ele nenhuma importância, porque achei que se tratava de puro sensacionalismo. Além disso, profecias catastróficas (que quase nunca se cumprem) fazem parte do folclore popular e da mitologia humana desde tempos imemoriais.

No entanto, acabei por descobrir (de fonte segura e para minha surpresa, como explicarei adiante) que a nova mensagem, contida nesse texto de autoria desconhecida, faça ou não parte do que se convencionou chamar "O Terceiro Segredo", foi de fato escrita por Irmã Lúcia, no interior da clausura do convento em que viveu a maior parte de sua vida. Segue abaixo a íntegra do texto (segundo Irmã Lúcia, são palavras diretas da Virgem Maria para ela) :

"Veja, minha filha eu mostrei para o mundo o que acontecerá entre os anos 1950 - 2001. Os homens não estão pondo em prática os Mandamentos que Nosso Pai nos deu. Satã está dirigindo o mundo, semeando ódio e discórdia em todos os lugares. Os homens fabricaram armas mortais que destruirão o mundo em minutos, a metade da humanidade será horrorosamente destruída, a guerra começará. Contra Roma, haverá conflitos entre ordens religiosas. Deus permitirá que todos os fenômenos naturais, como a fumaça, o granizo, o frio, a água, o fogo, as inundações, os terremotos, o tempo inclemente, desastres terríveis e invernos extremamente frios, acabem pouco a pouco com a Terra; estas coisas de qualquer maneira acontecerão nas proximidades do ano 2000. Esses que não querem acreditar, agora é tempo, a Mãe Sagrada da humanidade lhes fala.

Pratique atos de caridade com seu próximo que necessita. Dos que não se amam uns aos outros como meu Filho os tem amado, alguns destes poderão sobreviver, mas eles quererão ter morrido; milhões destes perderão a vida em segundos. A classe de castigos que estão em frente a nós, na Terra, é inimaginável, e eles virão, não há nenhuma dúvida. Nosso Senhor castigará duramente a quem não creia nele, aos que o rejeitam, e aqueles que não tiveram tempo para Ele. Eu chamo a todos que venham para meu Filho Jesus Cristo; Deus é ajuda para o mundo, mas todo aquele que não der testemunho de fidelidade e lealdade, este será destruído de forma terrível".


Ainda segundo esse mesmo texto de origem obscura, que foi divulgado em diversos sites, revistas e programas de TV, Pe. Agustín, um conhecido pároco residente em Fátima, afirmou que o papa Paulo VI lhe deu permissão para visitar Irmã Lúcia na clausura, e esta o recebeu com o coração partido. Na ocasião da visita ela teria lhe relatado o seguinte:

''Padre, Nossa Senhora está muito triste porque quase ninguém se interessou pela profecia dela em 1917; assim os bons têm que caminhar por uma estrada estreita, e deste modo, os maus irão por uma estrada larga que os levará diretamente à própria destruição; e me acredite Padre, o castigo virá muito em breve. Muitas almas podem perder-se e muitas nações desaparecerão da Terra. Mas, apesar de tudo isso, se os homens meditarem, rezarem levarem a término ações boas, o mundo poderá ser salvo. Caso contrário, se os homens insistirem em suas maldades, o mundo humano se perderá para sempre.

Chegou o tempo para todos de transcrever a mensagem de Nossa Senhora para seus familiares, seus amigos, para os amigos deles e para o mundo inteiro. De começar a rezar, de elevar seus espíritos, de fazer penitências e de se sacrificar.

Nós estamos a cerca de um minuto do último dia, e a catástrofe se aproxima. Devido a isso, muitos que estão afastados se voltarão aos braços da Igreja de Jesus Cristo. Todos os países, Inglaterra, Rússia, China etc... todos os religiosos, os protestantes, os espíritas, os muçulmanos, os budistas e os judeus. Todos regressarão, adorarão e crerão em Deus, em seu enviado Jesus Cristo e em sua Santa mãe. Mas o que nós devemos esperar? Em todos os lugares se fala de paz e tranqüilidade, mas o castigo virá.

Um homem em uma posição muito alta será assassinado e isso causará a guerra. Uma armada poderosa caminhará através da Europa e a guerra nuclear começará.

Essa guerra destruirá tudo, a escuridão cairá sobre a Terra durante 72 horas. Apenas uma terça parte da humanidade sobreviverá a estas 72 horas de escuridão e terror e começará a viver em uma era nova: serão as pessoas boas.

Em uma noite muito fria, 10 minutos antes da meia-noite, um grande terremoto sacudirá a Terra durante 8 horas. Este será o terceiro sinal de que Deus é quem governa a Terra. Os bons, aqueles que propagarem esta mensagem, a profecia da Santa Mãe Maria anunciada em Fátima, não devem temer, não tenham nenhum receio. O que fazer? Ajoelhe-se peça perdão a Deus. Não deixe a sua casa e não deixe ninguém estranho entrar. Porque só o bom não estará em poder do mal e sobreviverá à catástrofe. De forma que você deve se preparar e permanecer com vida. Como meus filhos que são, lhes darei os seguintes sinais:

A noite será extremamente fria; soprarão ventos muito fortes; haverá muita angústia e em pouco tempo começará um grande terremoto, que fará estremecer toda a Terra. Em sua casa, feche portas e janelas e não fale com ninguém que não esteja em sua casa. Não olhe para fora, não seja curioso, porque esta é a Ira do Senhor. Acenda velas bentas, porque por três dias nenhuma outra luz se acenderá. O movimento da Terra será tão violento que moverá o eixo da Terra (23 a 20 graus); depois ela regressará à sua posição normal. Então uma escuridão absoluta e total cobrirá a Terra inteira. Todo espírito maligno andará solto, fazendo muito mal às almas que não quiseram escutar esta mensagem de advertência e para aqueles que não quiseram se arrepender.

Que as almas benignas cristãs se lembrem de acender as velas santificadas, preparar um altar sagrado com um crucifixo para comunicar-se com Deus através de Seu Filho, e Lhe implorar sua Infinita Misericórdia. Tudo estará escuro. Então, uma grande Cruz Mística aparecerá no céu, lembrando o precioso preço que o Seu Filho pagou por amor à humanidade e pela nossa redenção.

Na casa, a única coisa que poderá dar luz são as velas santificadas de cera, que uma vez acesas nada poderá apagar até que terminem os três dias de escuridão. Todos também devem ter consigo água benta, que aspergirão pela casa inteira, em especial nas portas e janelas. O Senhor protegerá as propriedades dos eleitos. Ajoelhem-se diante da cruz poderosa do Seu divino Filho, rezem com devoção e depois digam o seguinte:

- 'Oh Deus, perdoai os nossos pecados, salvando-nos do fogo do inferno. Levai para o Vosso Lado todas as almas, especialmente aquelas mais necessitadas da Tua Misericórdia. Doce Mãe Maria, intercede por nós! Nós te amamos, salva o nosso mundo.'"


Como disse, esse texto é de fonte obscura e não há informações disponíveis ao seu respeito. Devemos lidar com ele, no mínimo, com muita cautela. Além de tudo, ele está repleto de afirmações no mínimo estranhas para uma revelação dessa natureza, como a definição exata de quantos graus a Terra se deslocaria do seu eixo natural, o que poderia se tratar de um enxerto feito posteriormente à carta de Lúcia, já que em diversas fontes da web encontramos versões dessa mesma carta com ligeiras diferenças entre uma e outra. Em algumas, as datas das previsões vão de 1950 a 2012 (e não 1950 - 2001 - possivelmente uma deturpação para fazer o texto concordar com outras profecias modernas que aludem ao 'fim do mundo' ou a uma 'transformação global' em 2012). Em outras, o termo "água benta" foi substituído por "água magnetizada", mais ao gosto dos esotéricos.

Mas eu disse que, mesmo assim, a carta contida no texto provavelmente teria sido mesmo escrita por Irmã Lúcia. E foi por isso que resolvi publicá-la aqui, como complemento às postagens sobre as aparições de Fátima. Tomei essa decisão depois de ter visto na TV o célebre Pe. Quevedo (que apesar de toda polêmica é um pesquisador importante em fenômenos supranormais e reconhecido internacionalmente), declarar que de fato a carta foi escrita por Irmã Lúcia na clausura; embora na opinião dele o seu conteúdo deva ser desconsiderado, devido a idade já avançada da irmã na época em que a escreveu e o fator "falibilidade humana". Ainda segundo o Pe. Oscar Gonzales Quevedo, profecias catastróficas sobre o fim dos tempos geralmente não devem ser levadas a sério, uma vez que nas Escrituras o próprio Cristo afirma que “Acerca daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos no céu e nem mesmo o Filho, senão o Pai" (Marcos, 13:32).

Popularmente acreditava-se que as profecias de Irmã Lúcia se cumpririam após a sua morte. Ela faleceu em 11 de fevereiro de 2005. Disseminou-se também, desde a época das aparições, a informação de que após o Papa Pio VI, haveriam 12 papas que chegariam ao fim de seus papados (João Paulo II era o décimo segundo) e que o papa que o precederia (o 11º) teria um período muito curto no papado (o Papa João Paulo I morreu um mês após ter sido eleito). Ainda consta dessa tradição popular (não oficialmente) que o 12º dos sumo pontífices teria um papado longo (João Paulo II ficou 27 anos no papado, de 1978 a 2005 - o 3o papado mais longo da história), e que o seu sucessor (Bento XVI) provocaria uma revolução dentro da Igreja...

Finalizando, acho que temos que reconhecer que Irmã Lúcia, diferente de muitos falsos "videntes" e "profetas" que surgiram ao longo da História, acertou com precisão todos os acontecimentos que previu, tanto os da sua vida particular quando os que se referiam ao destino da humanidade. Ela previu a morte precoce dos seus primos (e que sobreviveria a eles), o fim da Primeira Guerra Mundial e o advendo da Segunda, entre outros eventos históricos. Curiosamente, no exato instante em que eu começava a escrever esta sequência de postagens, há alguns dias, ficava sabendo, pelos telejornais, da ocorrência do terrível Terremoto no Peru e a chegada do Furacão "Dean".